HOME / Notícia / 1971 - um jogo para a história

1971 - um jogo para a história

20/02/2016
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Cezarino/acervo pessoal

Todos araraquarenses lembram de alguma história, algum lance quando o assunto é Ferroviária. O fato que vamos contar hoje é apresentado pelo araraquarense e corintiano, Gilmar Margonar.

Ele conta que em 1971, um confronto entrou para a história do time grená. Ele traz uma foto relíquia, do fundo de baú, de autoria de Cezarino, sobre o confronto de 21 de março daquele ano, entre Ferroviária e Corinthians, na então Fonte Luminosa.

"No dia do jogo, o meu pai Gildo corintiano “brigou” com sua mãe, ambos falecidos, e com a minha irmã Helena, somente porque elas ipinaram que o jogo poderia dar um empate", relembra Gilmar.

E foi este realmente o resultado: o confronto terminou empatado em 2 a 2, com gols de Mirandinha (2) para o Corinthians, e Lance e Ademir para AFE.

Com a ajuda do amigo Benê (Escritório Benê), Gilmar destaca que o Corinthians tinha no elenco: Tião, Ado, Ditão, Vagner, Zé Maria e Paulo Borges; Rivelino, Natal, Mirandinha, Pedrinho e Aladim.
Domingo a Arena da Fonte vai tremer.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.