HOME / Notícia / Copa Américo: atletas denunciados são punidos

Copa Américo: atletas denunciados são punidos

30/08/2015
Américo Brasiliense / SP
Jonas Bezerra
Foto: Jonas Bezerra

Na próxima sessão do Tribunal de Justiça, com data e horário a definir, a comissão irá julgar se anula as duas melancólicas partidas ou a rodada de 2 de agosto.

Atletas e comissão técnica das equipes do Bayern Ometto e do EC Saci, denunciados na maior escândalo do futebol de Américo Brasiliense, foram punidos pelo Tribunal de Justiça Desportiva da LAF (Liga Araraquarense de Futebol), em sessão que aconteceu durante este sábado (29), no Ginásio de Esportes “Castello Branco” – o Gigantão, em Araraquara.

Após a sessão, a reportagem do Portal Esporte & Lazer entrevistou os representantes do Tribunal de Justiça Desportiva – o presidente da 1ª Comissão Julgadora, Norton Gilmar Pereira Lopes, bem como o procurador, o advogado Rodrigo Pastre, para obter detalhes sobre a decisão do órgão.

De acordo com eles, os jogadores e comissão técnica das equipes Bayern Ometto e EC Saci, perdedoras nos jogos da última rodada da Copa Américo de Futebol, foram denunciadas por armação de resultados nos respectivos confrontos com MG2 e Ameriliense. Eles pegaram 24 jogos de suspensão de acordo com o Artigo 243A, Parágrafo Único, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A punição é válida para todas as competições realizadas pela LAF, que responde também pela parte disciplinar da Copa Américo de Futebol.

Segundo a 1ª Comissão Julgadora, o técnico Vinícius Gustavo Bento Lopes e Leandro Benedito Messiano, ambos do Bayern Ometto, não foram denunciados porque não estavam participando do jogo. Pela equipe do Saci, o jogador Wellington Carlos da Silva Oliveira não foi denunciado porque saiu no início do 2º tempo, quando o jogo ainda estava empatado em 1 a 1; assim como Thales Augusto Ramon que saiu ainda no 1º tempo.

Já o jogador do Bayern Ometto, Diego H. Paulo Santos foi denunciado no Artigo 254, Parágrafo 1º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por jogada violenta, e foi punido em dois jogos. Ele foi expulso no decorrer do jogo.

As equipes vencedoras MG2 e Ameriliense não foram denunciadas, pois não houve nenhum indício de fato comprovando que elas estariam envolvidas na armação dos resultados.

Relembre o caso

Na última rodada da 18ª edição da Copa Américo de Futebol – dia 2 de agosto –, organizada pelo DETLA (Departamento de Esportes, Turismo e Lazer) de Américo Brasiliense, em dois jogos estavam em disputa o título da competição. No entanto, o placar destes jogos surpreendeu a todos e deixou o público revoltado.

Enquanto no Estádio Municipal Joaquim Justo, o MG2 vencera por 46 a 1 a equipe do Saci, no Estádio Dr. Elias Leme da Costa - do Americano, o Ameriliense vencera por 82 a 1 o Bayer Ometto.

Para ter uma ideia da proporção dos fatos, dos 130 gols que aconteceram nestas partidas, 116 foram somente no segundo tempo.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.