HOME / Notícia / Ferroviária na corda-bamba!

Ferroviária na corda-bamba!

03/04/2016
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Leonardo Fermiano/AFE

Tudo começou como um sonho, com um futebol encantador que foi culminando com um enredo preocupante, depois de sucessivas derrotas, três delas em casa. Com 16 pontos no Paulista, os mesmos pontos de Água Santa e Botafogo – este na zona de rebaixamento, e faltando apenas mais uma rodada, a situação da Ferroviária remonta na memória do torcedor afeano os 19 anos longe da elite do futebol paulista.

Com a derrota em casa por 1 a 0, na noite deste domingo, no dérbi regional, para o Botafogo de Ribeirão Preto, seu concorrente direto para permanecer a Série A1, a Ferroviária volta-se exclusivamente para o jogo diante da Linense, no próximo domingo (10), com início às 16h, em Lins.

Para a equipe do técnico Sérgio Mendes, o jogo encerra a sua participação no Paulistão 2016. Já, Osasco/Audax e São Paulo garantiram vaga antecipada à próxima fase da competição.

O jogo

Logo aos 10min, a Ferroviária saiu jogando errando e entregou a bola nos pés de Serginho que soltou uma bomba no ângulo de Rodolfo, abrindo assim o placar para o Botafogo.

Os jogadores da Ferroviária se perdiam nas jogadas individuais. Algumas oportunidades de gols surgiram. Numa delas, Rafael Miranda subiu livre após cobrança de escanteio e cabeceou para grande defesa de Neneca. Aos 36min, Tiago Marques volta a ameaçar o gol botafoguense com um cabeceado por cima do travessão.

Na etapa complementar, a Ferrinha quase empatou logo aos dois minutos. Novamente numa jogada aérea, João Paulo cruzou e Samuel antecipou ao goleiro Neneca e cabeceou novamente por cima do gol. 

A partida fica aberta e as duas equipes criam chances de gols. Fernando Gabriel acertou um bonito chute de primeira e exigiu grande defesa de Neneca. João Paulo ficou com o rebote e cruzou fechado. A bola ia entrando, mas Rodrigo Thiesen salvou em cima da linha de cabeça. Aos 34 minutos, Fernando Gabriel arriscou de longe e o camisa 1 tricolor espalmou pela linha de fundo com as pontas dos dedos.

O Botafogo teve duas chances de ampliar nos minutos finais. Mirita soltou a bomba em cobrança de falta e Rodolfo espalmou. Na sequência, o goleiro saiu da área para cortar lançamento e Pituca tentou fazer do meio-campo. Nos acréscimos, Rodolfo subiu mais que todo mundo e quase marcou. 

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 0×1 BOTAFOGO. Data: 3/4/2016, às 18h30. Local: Arena Fonte Luminosa, Araraquara/SP. Árbitro: Vinicius Furlan. Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Diogo Correia dos Santos. Público: 3.324 pagantes. Renda: R$ 65.135,00. Cartões amarelos: Igor Julião, Rafael Miranda (Ferroviária); Rodrigo Thiesen (Botafogo). Gols: Serginho, aos 10′ do 1ºT. FERROVIÁRIA: Rodolfo; Igor Julião, Marcão, Wanderson e Luiz Paulo; Juninho (Matheus Rossetto), Rafael Miranda, Wescley e João Paulo (Rafinha); Samuel e Tiago Marques (Fernando Gabriel). Técnico: Sérgio Vieira. BOTAFOGO: Neneca; Daniel Borges, César Gaúcho, Mirita e Augusto Ramos; Rodrigo Thiesen (Gilmak), Serginho (Carlos Alberto) e Danilo Bueno; Samuel Santos, Alemão (Carlos Henrique) e Serginho. Técnico: Márcio Fernandes.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.