HOME / Notícia / Na raça, Guerreiras buscam o empate contra o Kindermann

Na raça, Guerreiras buscam o empate contra o Kindermann

15/08/2018
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Jonatan Dutra/AFE

Em um jogo marcado por muito equilíbrio, as Guerreiras Grenás se superaram após saírem perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo e, com gols de Rafa Mineira e Barrinha, buscaram um empate importante contra o Kindermann-SC, em Caçador/SC.

A primeira etapa começou com as catarinenses pressionando a Ferroviária. Aos 16 minutos, após uma enfiada de bola, Nenem saiu na frente de Luciana e abriu o placar para o Kindermann. Cinco minutos mais tarde, Crivelari aproveitou cruzamento e, de cabeça, ampliou para as mandantes. As Guerreiras tentaram pressionar, mas não conseguiram entrar na defesa adversária.

Na segunda etapa, logo no primeiro minuto, o Kindermann teve a chance de ampliar o marcador em uma cobrança de pênalti desperdiçada por Bruna Calderan. Aos 5 minutos, Rafa Mineira, em uma linda cobrança de falta, diminuiu o placar para a Ferroviária. As Guerreiras continuaram em cima e buscaram o gol de empate a todo momento, enquanto as catarinenses se defendiam e tentavam o contra-ataque. De tanto insistir, a Locomotiva chegou ao gol de empate. Ju Passari encontrou Barrinha em profundidade, a lateral-esquerda invadiu a área e chutou forte, sem chances para a goleira, dando números finais ao jogo.

Para o técnico Celso Boffa, foi um empate muito importante para a equipe na competição. “O mais importante foi a entrega das meninas até o fim do jogo buscando o gol de empate. Foi um jogo bem difícil, como já sabíamos que seria, mas tivemos a paciência e a tranquilidade de colocar a bola no chão e conseguir um ponto decisivo para gente”, falou.

As Guerreiras voltam a campo no próximo domingo (19), às 15 h, na Fonte Luminosa, para enfrentar o Corinthians pelo Campeonato Paulista. Já, no dia 22, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro, a Ferroviária recebe na Fonte Luminosa, às 15 h, o Pinheirense-PA.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.