HOME / Notícia / Perci resiste na arte de consertar calçados

Perci resiste na arte de consertar calçados

29/06/2015
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Odair Peta

A arte do sapateiro está em extinção. Para Perci Thomé da Silva, não! Com experiência de quase meio século no ramo, poderíamos chamá-lo de herói. Ele resiste ao tempo e às mudanças da sociedade. Perci está a frente na arte de recuperar calçados na sapataria no Jardim São Geraldo, Sua loja está localizada na rua que leva o mesmo nome, justamente na esquina da Rua Expedicionários do Brasil, defronte a praça da igreja São Geraldo.

Hoje, o número de sapateiros na cidade é pouco. Com 59 anos de idade, sua história remonta na época que a cidade tinha grandes fábricas de calçados. Entre elas a Pampana e Vincetino Peres. Esta última chegou a empregar mais de 200 funcionários.

A Sapataria do Perci é ponto de encontro de esportistas da cidade. Feliz com a volta da Ferroviária à elite do futebol paulista, nas paredes de seu estabelecimento encontram-se fotos antigas da Ferroviária e da Academia São Geraldo, nos idos Anos 60 e 70.

Sobre o futuro da profissão, Perdi acredita que ela deverá permenacer.  “É um comércio atraente. Os shoppings centers estão oferecendo serviços rápidos no conserto de sapato, enquanto as pessoas vão às compras”, ressalta.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 1

Marcelo Peta
Publicado em: 29/06/2015 - 23:37:39

Perci, o "Sapateiro do coração valente!"

Mais Comentários