HOME / Notícia / Projeto de basquete feminino pede socorro

Projeto de basquete feminino pede socorro

21/08/2015
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Divulgação

O Projeto Roseli tem sido um sucesso isso é inegável. Que tenha sido interrompido em 2015 foi uma perda irreparável. Situações alheias não permitiram a captação de verba federal, cujo processo já tinha sido aprovado.

No ano de 2014, com patrocínio da LUPO através da Lei de Incentivo ao Esporte, foram adquiridos uniformes e material esportivo atendendo cerca de 230 meninas espalhadas em vários polos pela cidade, clubes, escolas e associações.

Tendo como mentora a professora Roseli Gustavo, campeã mundial e vice-campeã olímpica, este projeto social esportivo, que tem o basquete como ponto de partida, traz ganhos sociais, atléticos, afetivos para um grupo pouco atendido - meninas de 10 a 15 anos - fazendo iniciação esportiva de qualidade.
O projeto tem entre seus objetivos a participação de todas, indistintamente, mas como é natural, algumas meninas começam a se destacar, sendo encaminhadas para um treinamento especifico.

Duas equipes femininas participaram da Copa HDZ SESC desse ano e duas equipes estão participando do Campeonato da Liga ARBRP, nas categorias Sub-15 e Sub-17 anos. Outras já participam da equipe adulta e recebem apoio de empresários e da Fundesport.

De acordo com a coordenadora do Projeto, Roseli do Carmo Gustavo, “estamos tentando conseguir apoio para que o projeto tenha prosseguimento nesse ano. Temos um empresário disposto à bancar parte da verba necessária, mas insuficiente ainda. Esperamos contar com aqueles que se sensibilizam com a dobradinha (juventude e esporte), para nos auxiliar, porque o Projeto Roseli de Basquete precisa continuar”, destaca.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.