• | Você está ouvindo: Rádio PWZ

HOME / Notícia / As duas equipes se reencontram 56 anos depois

As duas equipes se reencontram 56 anos depois

02/05/2016
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Divulgação

Com muita entrega nos treinamentos, elenco motivado e confiante, a Ferroviária encerrou na manhã desta terça-feira, na Arena da Fonte, sua preparação para o jogo de amanhã contra o Fluminense pela segunda fase da Copa do Brasil 2016.

Antes da atividade em campo, o experiente meio-campista Rafael Miranda atendeu à imprensa e falou sobre o objetivo do time para esse primeiro jogo em casa. O camisa dez grená está bem fisicamente e pronto para o jogo. "Nosso objetivo é avançar na competição, precisamos vencer amanhã para ficarmos mais perto da vaga, de preferência sem sofrer gols em casa. O tempo sem jogos foi importante para recuperar a parte física e técnica da equipe, estou bem e à disposição do treinador para a partida".

O zagueiro Luan também está pronto para jogar depois de ficar fora das duas últimas partidas do Paulistão e do jogo diante do Salgueiro, em Pernambuco, pela primeira fase da Copa do Brasil. Muito identificado com a AFE, o defensor cita a importância desse jogo na Arena. "Essa partida tem um gosto especial para mim e para Ferroviária. Estou feliz por poder voltar ao time em um momento tão importante. Nossa equipe está bem concentrada, bem trabalhada e confiante para fazermos um grande jogo amanhã".

O duelo contra o Fluminense será a reestreia oficial do técnico Antonio Picoli, que voltou ao time grená na semana passada, após boa passagem em 2014.

Em sua entrevista desta manhã, o comandante disse que a ideia é manter a estrutura tática da equipe e suas principais características de jogo. Com pouco tempo de trabalho, Picoli pretende aproveitar o que o time tem de melhor, cobrando mais movimentação de todos os atletas. "Penso que a vida é feita de oportunidades e quando você tem a condição de enfrentar o Fluminense por uma Copa do Brasil, precisa ter a consciência da importância do jogo, e a capacidade de saber aproveitar bem o momento".

Dois confrontos na história

Ferroviária e Fluminense se enfrentaram apenas duas vezes na história. Os duelos ocorreram em 1960, em jogos amistosos. A equipe de Araraquara havia feito uma campanha excepcional no Campeonato Paulista de 1959, terminando o torneio em 3º lugar, ao lado do São Paulo e atrás apenas do Santos e do Palmeiras. Tratava-se de um futebol de técnica apurada, bola de pé em pé, com significativo entrosamento. Até sua terceira participação no Paulistão, o cartaz da AFE era apenas paulista.                                               

Depois das grandes performances, outros clubes quiseram conhecer o diferenciado futebol jogado pelos afeanos e viriam os amistosos com o Fluminense e o primeiro giro internacional. No caso do time das Laranjeiras, o Fluminense propôs a realização de dois encontros, tendo em vista a sequência de sua preparação no Rio-São Paulo, torneio que acabaria ficando com o título. Os duelos aconteceram em março de 1960. 

O primeiro desafio foi agendado para o Maracanã no dia 6 de março. Com dez anos de fundação, a Locomotiva atuou, pela primeira vez, no então maior estádio de futebol do mundo, inaugurado no mesmo ano de instituição do time.

Jogando em casa, a experiente equipe do Fluminense, com grandes craques em suas fileiras, suplantou os grenás por 3 a 0. O placar elástico deve ter deixado os cariocas muito confiantes para o segundo jogo, disputado em Araraquara. Foi assim que, dez dias depois, em 16 de março de 1960, uma quarta-feira à noite, a Fonte Luminosa recebeu a presença do grande clube das Laranjeiras.

A Locomotiva saiu dos trilhos para voar igual a um trem-bala. Abateu o poderoso oponente por 5 a 1, devolvendo com juros os 3 a 0 do primeiro embate.

Copa do Brasil - Ferroviária x Fluminense. Data: 4/5/2016, às 19h30. Local: Arena da Fonte Luminosa.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.